Roscas de Monção na corrida às 7 Maravilhas Doces de Portugal

Portugal vai eleger as 7 Maravilhas Doces e Viana do Castelo é um dos distritos com sete propostas candidatas. As roscas, doce típico do concelho de Monção, estão entre os 140 candidatos nacionais.

Preparadas com farinha e água, ao qual se junta manteiga, açafrão, fermento, sal e açúcar, as roscas são moldadas pelas mãos das doceiras e depois colocadas em tabuleiros, antes de irem ao forno de lenha, com a porta sempre aberta, até alourar. Depois é o açúcar que dá o toque final.

A confeção das roscas de Monção tem passado de geração em geração, estando, desde sempre, associada à celebração de romarias e a ambientes festivos.

O número de apoio a este doce é o 760 107 005.

No Alto Minho, estão também para votação os Charutos dos Arcos, o Bolo de Mel das Terras da Nóbrega de Ponte da Barca, o Leite-Creme de Ponte de Lima, o Arroz Doce de Perre, o Sidónio e a Torta de Viana, doçaria do concelho de Viana do Castelo.

A lista completa dos 140 doces (sete por distrito e regiões autónomas) votados por um painel de especialistas na segunda fase, entram agora na terceira fase aberta à votação do público. 

Os doces que passam à fase seguinte serão divulgados em 20 programas de daytime, a emitir em direto pela RTP, entre 2 de julho e 16 de agosto.

Os doces eleitos pelo distrito de Viana do Castelo participam no primeiro programa, marcado para esta terça-feira.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com