Alto Minho investe 350 mil euros em projeto de turismo náutico e de natureza

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho vai investir cerca de 350 mil euros num projeto turístico conjunto que pretende rentabilizar as potencialidades do território para os desportos náuticos e de natureza, envolvendo mais de 30 empresas da região.

Em causa, segundo informou a CIM do Alto Minho, está o projeto de turismo náutico BlueWays. A iniciativa envolve os dez concelhos do distrito de Viana do Castelo, em articulação com três dezenas de empresas turísticas que operam na região.

O projeto vai ser apresentado publicamente na quinta-feira, pelas 11h00, no Largo dos Poetas, em Ponte da Barca.

Os Percursos Azuis no Alto Minho apostam em ofertas turísticas que vão desde os recursos naturais (mar, rio e natureza), de lazer, gastronomia, vinho, monumentos, tradições e costumes”.

“De Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo até Vila Nova de Cerveira, o BlueWays pretende divulgar a rede de percursos azuis inseridos em espaços de conservação da natureza com uma grande importância para o turismo e economia”, explicou aquela estrutura.

Orientada para “diferentes públicos alvo, a nova estratégia de valorização ecoturística da região é cofinanciada pelos fundos do Norte 2020”.

O projeto começa este mês com várias atividades em meio aquático como o bodyboard, canoagem, canyoning, kitesurf, passeios de barco, ‘rafting’, ‘Stand Up Paddle’ (SUP), surf, windsurf, pedestrianismo, ‘hidrospeed’ e visitas a lagoas e cascatas.

As “atividades decorrerão até outubro, associando as linhas de água como principal atração, mas complementando com serviços de observação de fauna e flora, passeios de todo o terreno, entre muitas outras possibilidades”.

O projeto, liderado pela CIM Alto Minho, “tem como objetivo desenvolver um conjunto de ações de valorização e promoção das atividades de turismo náutico sustentável, associando ou complementando, de forma sustentável, integrada e coerente, atividades de rio, com atividades de mar e natureza”.

“É um projeto a várias mãos que envolve atores públicos, privados e associativos do Alto Minho. Mas, acima de tudo, pretende mostrar a riqueza do nosso território, fomentando o crescimento do turismo de natureza na nossa região”, explicou Cecília Marques, da CIM, na nota enviada à imprensa.

“Através destas parcerias, o Blueways pretende mostrar, por exemplo, que uma família que venha descobrir Melgaço pode realizar, numa semana, uma caminhada, fazer ‘rafting’ no rio Minho, pernoitar na região e realizar a descida do rio Coura em caiaque e ainda um passeio a cavalo”, especificou.

Fonte: Lusa

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com