Investimento de 400 mil euros requalifica espaço público em Cerveira

A Câmara de Vila Nova de Cerveira vai investir cerca de 400 mil euros na requalificação do espaço público envolvente ao Bairro da Calçada, à Urbanização de Cerveira e ao Centro Escolar de Cerveira.

Em comunicado, a autarquia justifica a empreitada com “o avançado grau de deterioração e desorganização do espaço público”. “Em causa está uma zona de grande afluxo diário por integrar distintos estabelecimentos de comércio/serviços, edifícios multifamiliares e um elevado número de habitações com data de construção anterior a 1980. Desde a sua origem, aquela área não sofreu qualquer intervenção, encontrando-se atualmente em avançado estado de degradação ao nível da qualidade ambiental e das acessibilidades”, sustentam.

O objetivo da intervenção “é organizar todo o espaço, conferindo-lhe o máximo de funcionalidade, sem comprometer o seu enquadramento e equilíbrio entre a parte edificada e a envolvente natural”. Pretende-se ainda dotar esta zona da vila de “todas as infraestruturas necessárias ao seu correto e eficiente funcionamento, nomeadamente abastecimento de água, rede de drenagem de águas residuais domésticas, rede de drenagem de águas residuais pluviais, rede de segurança contra incêndios, rede de rega, rede de iluminação pública, rede viária, requalificação ambiental e acessibilidades”.

O presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, citado na nota, sublinha que a obra vai garantir “melhorias significativas ao nível da mobilidade, conforto e segurança, quer para peões quer para automobilistas”.

Segundo o município, a empreitada de requalificação deverá começar em abril, sendo que “a obra irá decorrer em três fases, de forma a minimizar o impacto no dia a dia das pessoas”. O prazo de execução é de “cinco meses, com suspensão prevista para os meses de julho e agosto”.

A operação integra o projeto “Requalificação do Espaço Público Envolvente ao Bairro da Calçada, à Urbanização de Cerveira e ao Centro Escolar de Cerveira”, candidatado ao programa Norte 2020 para a Reabilitação Urbana.

O custo total da obra é de 382 mil euros, com uma comparticipação FEDER de 265 mil euros.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com